segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Tronco de Beneficência

Simboliza a Caridade maçônica exercida sigilosamente. Em tal sacola os irmãos depositam seu óbolo de forma discreta. É vedado, portanto, dizer-se quanto se vai colocar ou efetuar doações em nome de outros irmãos, nomeando-os e indicando a quantia depositada.
É incorreto pensar-se que o irmão necessitado pode retirar dinheiro do Tronco. Isso não existe e nunca existiu, pois que valor o Venerável Mestre tiraria, sendo ele o primeiro a efetuar tal gesto, e se ele necessitasse retirar, quem teria colocado? Ou ele nunca necessitaria?
Devemos entender que o Irmão que tiver problemas de ordem financeira deverá levá-lo ao conhecimento da Loja para que seja estudado e resolvido. Não podemos esquecer que nos termos do Estatuto Padrão, vigente depois do novo Código Civil, comum à todas as Lojas da jurisdição:
"O óbolo obtido nas sessões da Loja, para fins de beneficência, destina-se exclusivamente a obras assistenciais... A Loja não distribuirá entre seus associados, dirigentes ou doadores, a título de participação, honorário ou gratificação, nenhuma parcela de seu patrimônio ou arrecadação, bem como de eventuais excedentes operacionais, brutos ou líquidos, dividendos, bonificações, auferidos mediante o exercício de suas atividades, cujos recursos serão aplicados integralmente na consecução de seu objetivo social." 



*
*    *

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário