quarta-feira, 8 de junho de 2011

Grau 23: Chefe do Tabernáculo

Este é um Grau bíblico, que diz respeito à Instituição do Sacerdócio através de Arão (irmão de Noé) e de seus filhos Itamar e Eleazar.
O palco do Grau é o deserto do Sinai, onde as Doze Tribos de Israel ficam acampadas ao redor do Tabernáculo. Moisés e Arão constituem um dos levitas como o primeiro da Hoste dos Guardadores do Templo.
A lenda do Grau refere-se ao candidato, filho de Hiram, que teve a incumbência de destruir o deus crocodilo dos egípcios, derrubando o sanguinolento altar onde holocaustos humanos eram oferecidos do deus Moloc.
Os Cavaleiros Chefes do Tabernáculo são os guardadores das Portas do Tabernáculo e o local onde se desenrolam os Trabalhos do Grau 23 é a câmara que representa o Tabernáculo.
O Tabernáculo, cujo significado etimológico é tenda, foi o primeiro Templo erigido para culto a Deus. Era móvel, pois os judeus estavam em peregrinação de quarenta anos pelo deserto do Sinai, e montado com peles esticadas por meio de postes. Era dividido em três partes: na primeira ficava o povo; na segunda ficava o Sanctum; e, na terceira ficava o Sanctum Sanctorum, onde apenas tinha ingresso o Sumo Sacerdote. A construção do Tabernáculo encontra-se pormenorizadamente descrita em Exo. 40-17,33 e foi o Tabernáculo que serviu de modelo para a construção do Templo de Jerusalém e de inspiração para as igrejas e Lojas Maçônicas.
O Tabernáculo era a morada de IEVE na terra e no Sanctum Sanctorum foi colocada a Arca da Aliança, cuja construção é detalhadamente explicada no livro de Exo. 25-10, 16. No interior da Arca da Aliança, Moisés colocou as novas Tábuas da Lei com os Dez Mandamentos e o testemunho da Aliança de Deus com os homens. Quatro foram as Alianças e Quatro foram os Testemunhos, a saber: o primeiro Pacto foi a criação no homem, o segundo Pacto foi com Noé, e Deus o simbolizou com o Arco-íris, o terceiro Pacto foi com Abraão e foi simbolizado pela circuncisão, e o quarto Pacto foi a entrega dos Dez Mandamentos.
Para a Iniciação é preparada uma Câmara escura com uma mesa no centro, sobre a qual é colocada uma vela e três caveiras, com um esqueleto humano diante da mesa. Esta Câmara chama-se hierarquia.
A Iniciação começa com a preparação do filho de Hiram para o Sacrifício. Após o iniciando meditar diante dos crânios é efetuado pelo Grande Sacrificador um comprido interrogatório.
Findo o interrogatório, a Câmara é iluminada e o candidato recebe um machado, sendo conduzido ao Altar dos Holocaustos, derruba sobre o chão tudo o que se encontra sobre o Altar, à exceção do Candelabro. Incensa o Altar dos Perfumes e dirige-se ao Altar colocado diante do Trono, onde presta o seu Juramento. Importante é que o Chefe do Tabernáculo passa a ser um fiel zelador do cumprimento da Lei, evitando ser ela desvirtuada.


1 - Ornamentação da Loja

A Loja pretende ser uma cópia do Tabernáculo. É decorada de branco com Colunas vermelhas e pretas. No Oriente fica o Sanctum Sanctorum, separado do restante do Templo por uma cortina vermelha. No Oriente fica a Arca da Aliança, o Altar dos Sacrifícios, o Altar dos Perfumes e o Trono, suspenso por sete degraus. Um Delta resplandecente é colocado acima com o nome de Jeová.


2 - Mistérios do Grau de Chefe do Tabernáculo

PALAVRAS

- SAGRADA - JEOVÁ - Pronunciada por sílabas alternadas.

- PASSE - URIEL
Resposta: o Tabernáculo das Verdades Reveladas.

SINAL DO GRUPO - Avançar com o pé esquerdo e fazer menção de pegar com a mão direita um turíbulo imaginário que está na mão esquerda.
TOQUE - Segurar-se reciprocamente o cotovelo esquerdo com a mão direita, curvando o braço.

BATERIA - Sete pancadas por seis e uma. (!!!!!! !).

TRABALHO

- Começa: à hora em que o filho deve vir sacrificar.
- Termina: à hora em que o sacrifício é consumado.


3 - Insígnias do Grau de Chefe do Tabernáculo

Avental - Os autores divergem quanto ao Avental deste Grau. Alguns afirmam que não há. Outros o descrevem como um Avental de cetim branco forrado e debruado de vermelho.
Fita - De cor preta e franjas de prata.
Jóia - Uma roseta vermelha da qual pende um punhal.
Indumentária - O Grande Soberano Sacrificador (Presidente da Loja) usa uma espécie de balandrau vermelho por baixo, e por cima, uma veste amarela curta e sem mangas. Sobre a cabeça usa uma mitra dourada, tendo um Delta com as letras IEVE. Por cima da túnica amarela usa a faixa do Grau. Idêntica indumentária que usam os dois Vigilantes, apenas não portando o Delta sobre a mitra. Os Irmãos Levitas usam um balandrau branco, tendo um colar vermelho com franjas douradas, do qual pende uma Jóia que é um turíbulo preso à fita por uma roseta prateada.


*
*    *

Nenhum comentário:

Postar um comentário