segunda-feira, 13 de junho de 2011

Grau 29: Grande Escocês de Santo André da Escócia

Também conhecido por Patriarca das Cruzadas ou Cavaleiro do Sol ou Grão-Mestre da Luz, é um Grau transmitido por Iniciação, cujo conteúdo é de Ordem Templária e induz o candidato ao Grau de Cavaleiro Kadosh, Grau 30. A origem do Grau remonta à fusão das Ordens Militares vindas das Cruzadas com a Maçonaria.
Santo André, um dos doze Apóstolos de Jesus, foi sacrificado por pregar o
Cristianismo. Para o seu martírio foi utilizada uma cruz em formato de X (Cruz de Santo André).
O Cavaleiro do Sol ou Príncipe Adepto (Grau 28), com vistas à sua Iniciação ao Grau 29, é recebido e apresentado pelo introdutor dizendo que aspira entrar para a Jerusalém Celeste que resplandece na Câmara onde se realizam os Trabalhos do Grau 29. É informado que na antigüidade o Grau era dedicado às Belas-Artes, tais como pintura, música, escultura, poesia, cortesania, simbolismo, ceticismo, gastronomia, ginástica, estética, oratória e gramática. Recebe ainda informações sobre o luxo e a forma luxuosa como foi concebida a Jerusalém Celeste e descreve a cidade conforme diz o Apocalipse.
O luxo aí referido é o luxo no sentido do aformoseamento estético e da higiene. O luxo que prolonga ao invés de destruir. Fala sobre os sete Anjos e sobre os Anjos que encimavam os portais da cidade (doze Anjos). Lembramos que no Grau 19 - Grande Pontífice, a Jerusalém Celeste já havia sido descrita, mas aqui, mais uma vez é descrito cada um dos doze bairros da cidade e o seu centro. 151
Após, os candidatos fazem o seu Juramento e os Trabalhos são encerrados. Como dissemos, o Grau 29 - Grande Escocês de Santo André da Escócia - é uma preparação para o Grau 30 - Cavaleiro Kadosh.


1 - Decoração da Loja

É decorada na cor vermelha com colunas brancas. Em cada um dos cantos há uma Cruz de Santo André e diante de cada uma delas há quatro luzes. O Grau cuida da Nova Jerusalém ou Jerusalém Celeste.


2 - Mistérios do Grau

PALAVRAS

-SAGRADA - Nekamah.

- PASSE - lº Furlac (anjo da terra), 2º Talliud (anjo da água), 3º Ardriel (anjo do fogo) e 4º Casmaram (anjo do ar).

SINAIS - São sete os Sinais do Grau 29:

1 - Sinal da Terra - Limpa-se a fronte com as costas da mão direita, mantendo a cabeça inclinada para a frente.

2 - Sinal da Água - Coloca-se a mão direita sobre o coração retirando-a como quem saúda no Grau de Companheiro.

3 - Sinal de Surpresa e Horror - Volta-se a cabeça para o lado esquerdo e olha-se a terra, levantando aos céus as mãos postas um pouco à direita.

4 - Sinal do Fogo - É diferente do Grau 14. Unem-se as mãos entrelaçando-se os dedos e cobrindo com elas os olhos com as palmas para fora. A resposta é o Sinal do Ar.

5 - Sinal do Ar - Estender para a frente o braço e a mão direita na altura do ombro (como quem aprova).

6- Sinal de Admiração - Levantar os olhos e as mãos para os céus, mantendo o braço esquerdo um pouco mais abaixo que o direito. .
7- Sinal do Sol - Colocar o polegar da mão direita em esquadria sobre o olho direito, olhar para o espaço e dizer: Eu compasso o Sol! 8- Sinal Geral

- Formar sobre o peito pelos braços cruzados uma Cruz de Santo André (parece um Sinal do Pastor mais fechado).

TOQUES - São quatro os Toques do Grande Escocês de Santo André da Escócia:

1- Toque - Toma-se mútua e sucessivamente a primeira, a segunda e a terceira falange do indicador da mão direita, soletrando a Palavra de Aprendiz.

2 - Toque - Toma-se mutuamente a primeira, a segunda e a terceira falange de dedo médio, soletrando a palavra sagrada de Companheiro.

3 - Toque - Toma-se mutuamente a primeira falange do indicador e pronuncia-se alternadamente a Palavra Sagrada do Grau de Mestre Maçom. Resposta: faz-se o Sinal do Ar.

4 - Toque Geral - Toma-se a última falange do indicador da mão direita, dizendo NE, o outro (interlocutor) diz KA, depois toma-se a última falange do dedo mínimo e dizendo MAH, o outro responde NEKAMAH.

IDADE - 81 anos. O quadrado de nove.

BATERIA - Nove pancadas por duas, três, três e uma (!! !!! !!! !).

TRABALHO - Do meio-dia em ponto até a entrada da noite.


3 - Insígnias do Grau

Avental - Segundo alguns autores não há Avental neste Grau. Outros informam que é branco orlado e forrado de verde com franjas de ouro.
Cinto - De seda branca com franjas de ouro.
Fita - De cor vermelha, pendente à Jóia, que é um Compasso dentro de três triângulos encerrados por um triângulo.
No centro fica o Compasso e o Esquadro com um punhal. A Jóia é presa à fita por uma roseta verde.
Indumentária - Os Obreiros usam uma túnica vermelha, tendo por cima a fita e o cinto e, para os que usam o Avental.


*
*    *

Nenhum comentário:

Postar um comentário