terça-feira, 17 de maio de 2011

Grau 14: Perfeito e Sublime Maçom

Também conhecido pelos nomes de Grande Eleito ou Grande Escocês da Abóbada Sagrada de Jaime VI, ou Grande Escocês da Perfeição ou Grande Eleito Antigo, este Grau encerra a série dos Graus Inefáveis e concedidos pelas Lojas de Perfeição, que vão do 4 ao 14 e buscam encontrar a "Palavra Perdida" que é o nome de Deus. Para ir adiante o Maçom deve procurar iniciar-se num capítulo, onde galgará do Grau 15 ao 18. É um Grau Bíblico que tem parte baseada na história da sarça ardente e parte baseada na lenda de que Salomão fez construir embaixo do Sanctum Sanctorum um local para reunião dos Perfeitos e Sublimes Maçons.
No monte Horebe viu Moisés uma sarça que ardia e não se consumia (Exo. 3-1 a 22) e aproximando-se da sarça esta lhe disse: "Moisés, Moisés!" E a voz de Deus continuou: "Não te chegues para cá, retira as suas sandálias porque o lugar onde está é Terra Santa!" E disse mais: "Eu sou o Deus do teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacó". Moisés escondeu o rosto porque temeu olhar para Deus. Moisés, ao se aproximar da Sarça Ardente, protegeu do calor o seu rosto com a mão direita sobre a face esquerda e com a palma para fora. Ficou sendo este o Sinal do Fogo.
Nesta aparição prometeu Deus a Moisés a libertação do seu povo do jugo egípcio e a viagem para a terra prometida, Canaã. Deus revelou a Moisés o seu próprio nome. A Iniciação do Grau 14 é demorada e o candidato é inquirido em todos os Graus adquiridos anteriormente. O candidato vai imolar as suas paixões no centro do Templo, onde há uma mesa com um machado e uma faca grande. Depois da imolação, o candidato passa por novas purificações, pela água e pelo fogo e é purificado também por uma mistura de azeite, farinha de trigo e vinho, que é passada com uma trolha na sua testa, nos seus lábios e sobre o coração. Após a Iniciação o Orador faz a leitura da Lenda do Grau, cujo resumo é o seguinte: Jubulum, Joabert e Stolkim haviam descoberto o Templo de Enoque e o Santo Nome gravado sob o novo arco sendo levado a Salomão. Este criou então o Grau de Perfeito e Sublime Maçom para recompensá-los. Após o término da construção do Templo de Jerusalém, vários Perfeitos e Sublimes Maçons dispersaram-se pelo mundo. Os maçons de Graus inferiores multiplicaram-se e perderam a unidade e os segredos dos Graus, tais como Toques, Palavras e Sinais, passaram inclusive a ser do conhecimento dos profanos. Os Maçons só queriam frivolidades e festas e as Iniciações eram feitas às pressas e sem os cuidados necessários, havendo a Maçonaria se degenerado. Só os Perfeitos e Sublimes Maçons se mantiveram livres destes problemas, conservando incólume a Palavra Sagrada, que foi guardada sob a abóbada debaixo do Sanctum Sanctorum. Salomão deu aos Sublimes e Perfeitos Maçons um anel para simbolizar a sua virtude e os compromissos assumidos. Quando Jerusalém foi invadida por Nabucodonosor, os Perfeitos e Sublimes Maçons se retiraram e, por zelo quanto ao seu segredo, destruíram a Palavra Sagrada, que a partir de então somente foi transmitida por tradição oral. O Grau bem alertava já naquela época para a eventual desvirtuação da Maçonaria, com a sua degeneração a partir da falta de seriedade nos primeiros Graus, coisa que nos acontece dias atuais.


1 - Ornamentação da Loja

A Loja representa uma abóbada subterrânea de cor vermelha e ornamentada com chamas. É iluminada por 24 luzes. No Oriente encontram-se o Altar dos Perfumes, o Altar com os 12 Pães da Proposição, uma taça de ouro e uma trolha de pedreiro, além do Altar dos Sacrifícios aludido na Iniciação. No Ocidente um mar de bronze. No Altar um Delta com o Tetragrama Sagrado.


2 - Mistérios do Grau

PALAVRAS

-SAGRADA - Jeová.

- Grande Palavra de Passe - Bea-Macheh Bameha-rah (Louvado seja Deus).
- lª Palavra Coberta - Jabulum (produzido pela divindade).
- lª Palavra de Passe - Schibolet (fartura e abundância).
- 2ª Palavra Coberta - Machobim (está morto).
- 2ª Palavra de Passe - El Hhanan (misericordioso).
- 3ª Palavra Coberta - Adonai (Senhor).

SINAIS

- Juramento - Levar a mão direita ao lado esquerdo e retirá-la como se fosse abrir o ventre.
- De fogo e de Ordem - Levar a mão direita aberta à face esquerda, palma para fora, e segurar o cotovelo direito com a mão esquerda.
- De Admiração e de Silêncio - Levantar as duas mãos abertas para o céu inclinando a cabeça e os olhos para cima. Levar aos lábios o dedo indicador e médio da mão direita.

TOQUES

- 1º Pegar a mão direita reciprocamente e voltá-la três vezes, alternadamente para a direita e esquerda, dizendo também, alternadamente, cada um, Berith! O outro: Neder! E o primeiro Xelemoch!
- 2º. Tomar-se reciprocamente a mão direita com a Garra de Mestre, dizendo: ides vós mais longe? Resposta: avançar a mão direita ao longo do cotovelo esquerdo do interlocutor e colocar a mão esquerda sobre o seu ombro direito. Balançar três vezes, tendo a perna direita entre as pernas do interlocutor.

BATERIA - 24 pancadas, por 3, 5, 7, 9.

IDADE - O quadrado de 9 ou 81 anos.

TRABALHO - Do meio-dia à meia-noite.


3 - Insígnias do Sublime c Perfeito Maçom

Avental - Branco forrado e debruado de vermelho vivo, com a tira azul. No corpo, o desenho de uma pedra quadrada com uma argola chumbada nela.
Fita - De cor vermelho-vivo, tendo suspensa a Jóia do Grau que é um Compasso dourado e coroado, com uma medalha no centro, tendo de um lado o Sol, de outro uma estrela com a letra G no centro. Os Irmãos estarão trajados de preto. O Grau 14 é igual ao Grau 5 do Rito Moderno.


*
*    *

6 comentários:

  1. Ismael achei interessante sua publicação, porém não devemos lançar perolas aos irracionais, ha BENS que devem
    serem preservados...
    Ha conhecimentos que nem sempre estaremos preparados para
    obsorver...requer refleção e preparação espiritual e material OS VINCULOS NÃO SEREM QUEBRADOS !!!
    Fraternalmente F A Souza Ramalho Thico de Hermes

    ResponderExcluir
  2. Concordo com o que foi dito acima. Acrescento que há muitas informações erradas aqui, pelo menos no Rito Brasileiro.

    ResponderExcluir








































  3. Pq não Rosa Maria?rs
    Desvela esses mistério não requer q apenas leia, mas q seja evoluído suficiente pa compreender tal mistério! Nos dias de hoje vejo muitos papagaios de aventais e poucos sábios espirituais....

    ResponderExcluir
  4. Quantos mistérios a serem desvendados no Universo Infinito.O homem na Terra ainda se encontra com a sua visão obscurecida pelo orgulho e pelo egoísmo.
    Do átomo ao arcanjo(que também começou pelo átomo) há uma distância incomensurável.
    Em maçonaria,seremos eternos aprendizes. Como seremos eternos aprendizes da vida. Na dimensão espiritual(Oriente Eterno) a única coisa que nos distingue uns dos outros é a elevação moral.
    Como se conhece o verdadeiro Maçom?
    'Se conhece o verdadeiro Maçom pela sua elevação moral e pelos esforços que empreende para lapidar a pedra bruta' Mito, Rito, Legados e Segredos.
    Nada há de oculta que um dia não será conhecido.
    "Vós sois deuses", afirmou o Mestre dos Mestres.

    ResponderExcluir