quarta-feira, 18 de maio de 2011

Grau 16: Príncipe de Jerusalém

De certa forma este Grau é uma continuação do anterior, o que nem sempre acontece com os Graus Superiores. Zorobabel estava reedificando o segundo Templo e, como sabemos as nações vizinhas e principalmente os samaritanos perturbavam a construção, fazendo com que os Obreiros tivessem de trabalhar com a Trolha numa mão e a Espada na outra. Os inimigos procuravam também fazer chegar a Dario, rei da Pérsia e sucessor de Ciro, cerrada oposição, de modo a procurar colocá-lo contra os judeus e fazer parar a construção. Um grupo de embaixadores, composto por quatro Cavaleiros do Oriente ou da Espada, procurou, por meios diplomáticos, contatar Dario, para interceptar a campanha oposicionista, neutralizando-a para pedir a sua proteção aos judeus.
A princípio Dario os fez receber acorrentados, mas, ouvindo a apresentação de Zorobabel, foram soltos. Dario, ouvindo os argumentos, expediu um decreto condenando à crucificação todo àquele que interferisse com a construção. Os samaritanos submeteram-se a Israel e passaram a pagar tributos a este Estado. Para ministrar a justiça, Zorobabel nomeou cinco juízes, concedendo-lhes o título de Príncipes de Jerusalém.


1 - Ornamentação da Loja

A Loja divide-se em duas câmaras que se intercomunicam. A primeira representa a corte de Zorobabel; a segunda representa a corte de Dario. A passagem por onde é conduzido o candidato ao Grau representa o caminho da Babilônia (corte de Dario) a Jerusalém (corte de Zorobabel). A primeira sala é rosa e a segunda é vermelha.


2 - Mistérios do Grau

PALAVRAS

- SAGRADA - Adar (nome do 122 mês). - Resposta: Esrim Schlasch (23º dia).

- PASSE - Tebeth (10Q mês) Resposta: Esrim.

SINAIS - lº fazer esquadria unindo o calcanhar direito à ponta do pé esquerdo; 2º mão direita cerrada, dedo indicador levantado como se estivesse empunhando uma Espada para o ataque; 3º estende-se o braço direito e coloca-se a mão esquerda espalmada sobre o quadril esquerdo.

TOQUE - Tomar mutuamente a mão direita e dar com o polegar, alternadamente, cinco pancadas (por uma e duas vezes por duas) na articulação do dedo mínimo. Em seguida juntar os pés direitos pelas pontas e tocarem-se os joelhos; pôr mutuamente as mãos esquerdas abertas sobre os ombros direitos, dizendo o primeiro: 20! E o segundo: 23!

BATERIA - 25 pancadas por quatro e por uma, quatro vezes.

IDADE- 25 anos completos.

TRABALHO - Começa-se ao nascer do Sol e termina-se ao meio-dia.


3 - Insígnias do Grau

Avental - De cor carmesim (vermelho vivo) debruado de branco, tendo bordado no corpo o Templo de Salomão, com um Delta à direita e um Esquadro à esquerda. Acima do Delta uma Espada e acima do Esquadro um escudo. Na abeta, uma mão segurando uma balança (Símbolo da Justiça).
Fita - De cor amarronzada com uma balança da justiça.
A Jóia é uma medalha, tendo gravada num lado a balança da justiça e no outro o Templo de Salomão.
Luvas - Os Príncipes de Jerusalém utilizam luvas vermelhas.


*
*    *

Nenhum comentário:

Postar um comentário